sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

HISTÓRIA DA UNIDADE BATALHÃO ARTILHARIA 2857 (Parte II)–Mobilização, Composição e Deslocamento para o C.T.I. da Guiné. CART 2440 (2)

 

BATALHÃO DE ARTILHARIA N.º 2857

COMPANHIA DE ARTILHARIA N.º 2440

2440_thumb2

OFICIAIS E SARGENTOS

  • CARLOS MANUEL P. DA COSTA, Cap. Mil. – Comandante de Companhia
  • AMÉRICO R. DA SILVA, Alf, Mil. – Cmdt Pelotão
  • QUINTINO G. MONTEIRO, Alf. Mil. – Cmdt Pelotão
  • AUGUSTO M. F. ROBALO, Alf. Mil – Cmdt Pelotão
  • JOSÉ CARLOS C. SANTOS, Alf. Mil. – Médico
  • JOÃO ANTÓNIO TRABULO, 2.º Sarg. – 1.º Sargento da Companhia
  • FRANCISCO M. A. ROSÁRIO, 2.º Sarg. – Enfermeiro
  • AMÂNDIO S. NUNES, Fur Art. – Anti-Aérea
  • ANTÓNIO M. M. CIPRIANO, Fur. Mil – Armas Pesadas
  • MANUEL ANTÓNIO FERNANDES, Fur. Mil. – Per. Especiais
  • JOAQUIM TRINDADE, Fur. Mil. – Vaguemestre
  • ISMAEL G. P. DA SILVA, Fur. Mil. – Atirador
  • FRANCISCO DA S. V. PEREIRA, Fur. Mil. – Atirador
  • HENRIQUE LUÍS E. BAIRRAO, Fur. Mil. – Atirador
  • CARLOS M. DA S. G.VIEIRA, Fur. Mil. - Minas e Armadilhas
  • JOSÉ D. SANTINHO DOS SANTOS, Fur. Mil. – Transmissões
  • MIGUEL TRINDADE MENESES, Fur. Mil. - Minas e Armadilhas
  • MANUEL DE J. B. ALEIXO, Fur. Mil – Atirador
  • FERNANDO J. T. PONTES, Fur. Mil - Minas e Armadilhas
  • EDGAR M. A. DA MATA, Fur. Mil. – Atirador
  • MÁRIO F. ACÚRSIO, Fur. Mil. Mec. Auto Roda

PRAÇAS

  • AIRES DA SILVA PEDROSA, 1.º Cabo – Clarim
  • JÚLIO D. LEITAO. 1.º Cabo – Radiotelegrafista
  • JOÃO A. D. PRUDENCIO, 1.º Cabo - Op. Cripto
  • JOSÉ M. S. SANTOS, 1.º Cabo – Mec. Auto-Rodas
  • ALEXANDRE A. P. NUNES, 1.º Cabo - C.A.R.
  • VASCO AUGUSTO DOMINGUES, 1.º Cabo – Mec. Auto Rodas
  • ANTÓNIO SIMÕES DE OLIVEIRA, 1.º Cabo – Atirador
  • JOÃO HENRIQUE L. CANDEIAS, 1.º Cabo – Aux. Enfermeiro
  • JOAQUIM MANUEL NUNES, 1.º Cabo – Aux. Enfermeiro
  • JOAQUIM RAMOS MARTINS, 1.º Cabo – Aux. Enfermeiro
  • ANTÓNIO LUÍS L. DOS REIS, 1.º Cabo – Atirador
  • ANTÓNIO SILVA ALVES, 1.º Cabo – Atirador
  • ANÍBAL ALVES CARREIRA, 1.º Cabo – Atirador
  • AUGUSTO OLIVEIRA GOMES, 1.º Cabo – Atirador
  • JOSÉ DE JESUS SECO, 1.º Cabo – Atirador
  • AMÂNDIO MESQUITA FERNANDES, 1.º Cabo – Transmissões
  • MANUEL ANTÓNIO S. ANTUNES, 1.º Cabo – Atirador
  • ALBERTINO DE CARVALHO, 1.º Cabo – Atirador
  • ALBERTO DA SILVA TEIXEIRA, 1.º Cabo – Reab. Mat. Auto
  • ANTÓNIO PINTO VIEIRA, 1.º Cabo – Atirador
  • ALBERTO SOUSA CARDOSO, 1.º Cabo – Atirador
  • MANUEL J. P. CORREIA, 1.º Cabo – Atirador
  • ANTÓNIO L. F. CARVALHO, 1.º Cabo – Atirador
  • ÁLVARO BARREIRA GOMES, 1.º Cabo – Atirador
  • JOSÉ DA SILVA, 1.º Cabo – Atirador
  • ARLINDO MACHADO PEREIRA, 1.º Cabo – Atirador
  • MANUEL RODRIGUES OLIVEIRA, 1.º Cabo – Atirador
  • FERNANDO D. L. RAMOS, 1.º Cabo – Atirador
  • AGOSTINHO G. DA SILVA, 1.º Cabo – Atirador
  • MANUEL VALENTE MIRANDA, 1.º Cabo – Atirador
  • JOAQUIM S. G. RODRIGUES, 1.º Cabo – Atirador
  • JOÃO MACHADO LAMEIRA, 1.º Cabo – Atirador
  • FRANCISCO G. DA SILVA, 1.º Cabo – Cozinheiro
  • MANUEL CARLOS PEREIRA, 1.º Cabo – Escriturário
  • CARLOS DIAS, Sold. – Básico
  • JOSÉ RIBEIRO MARTINS, Sold. – Atirador
  • HENRIQUE G. C. SALVADOR, Sold. C.A.R.
  • CELSO PEREIRA FARIA, Sold. – C.A.R.
  • FELIX DA SILVA, Sold. – C.A.R.
  • JOSÉ FREIRE DE SOUSA, Sold. – C.A.R.
  • MANUEL F. M. FERREIRA, Sold. – C.A.R-
  • JOSÉ A. DE S.S. LIMA, Sold. C.A.R.
  • ARLINDO A. S. DE JESUS, Sold. – C.A.R.
  • JOSÉ DOS S. CRISPIM, Sold. – C.A.R.
  • JERONIMO DOS S.ROSA, Sold. – C.A.R.
  • AUGUSTO CARREIRA SANTOS, Sold. – C.A.R.
  • ADELINO DE S. AZEVEDO, Sold. – C.A.R,
  • MANUEL F. P. AGOSTINHO,  Sold. – C.A.R.
  • MÁRIO P. SANTOS, Sold. – C.A.R.
  • ANTÓNIO A. C.  R. V. GRICHEN, Sold. – C.A.R.
  • ANTÓNIO CARDOSO ALVES, Sold. C.A.R.
  • ANTÓNIO A. J. FERREIRA, Sold. – Atirador
  • ANÍBAL S. P. MATOS, Solda. -  Atirador
  • JOSÉ GUERREIRO NUNES, Sold. – Aux. Cozinheiro
  • JOSÉ MARIA P. CARVALHO, Sold. – Aux. Cozinheiro
  • ANTÓNIO AUGUSTO RODRIGUES, Sold. -  Mec. Auto Rodas
  • JOÃO AGOSTINHO PEREIRA, Sold. – Atirador
  • AGOSTINHO O. BATISTA, Sold. – Atirador
  • VIRGILIO C. PEREIRA, Sold. – Atirador
  • SERAFIM J. F. MADEIRA, Sold. – Atirador
  • MANUEL REIS DA SILVA, Sold. – Atirador
  • ANTÓNIO AFONSO NUNES, Sold. – Cozinheiro
  • ANTÓNIO NUNES, Sold. – Atirador
  • JOSÉ ALBERTO DA FONSECA, Sold. – Transmissões
  • ARSÉNIO M. PEREIRA, Sold. – Transmissões
  • REINALDO S. PEREIRA, Sold. – Transmissões
  • JOSÉ DE S. M. JÚNIOR, Sold. – Transmissões
  • RODRIGO DA CONCEIÇÃO MOURA, Sold. – Radiotelegrafista
  • EDUARDO DE SOUSA FERNANDES, Sold. – Radiotelegrafista
  • JOAQUIM FRANCISCO FIRMINO, Sold. – Clarim
  • CARLOS JOSÉ MONTEIRO, Sold. – Clarim
  • AGOSTINHO DOMINGOS CORREIA, Sold.- Atirador
  • ANTÓNIO FERNANDO DA S.PAÇO, Sold. – Atirador
  • AUGUSTO M. VICTORINO, Sold. – Atirador
  • ANTÓNIO MARQUES FREITAS, Sold. – Atirador
  • FRANCISCO RIBEIRO VIEIRA, Sold. – Atirador
  • ANTÓNIO BRANDÃO MARTINHO, Sold. – Atirador
  • ADRIANO DE SOUSA MONTEIRO, Sold. – Atirador
  • ANTÓNIO CARLOS OLIVEIRA, Sold. – Atirador
  • ARMANDO INÁCIO PINTO, Sold. – Atirador~
  • MÁRIO FONTES E SILVA, Sold. – Atirador
  • FRUTUOSO COELHO RIBEIRO, Sold. – Atirador
  • JOSÉ PEREIRA MORAIS, Sold. – Atirador
  • NELSON CAMPOS FERREIRA, Sold. – Atirador
  • FERNANDO M.R. GASPAR, Sold. – Atirador
  • JOSÉ DA SILVA MELO, Sold. – Atirador
  • MANUEL F. DA SILVA PEREIRA, Sold. – Atirador
  • AUGUSTO LOPES COELHO, Sold. – Atirador
  • MANUEL JOAQUIM OLIVEIRA, Sold. – Atirador
  • MANUEL MARTINS LOPES, Sold. – Atirador
  • JOSÉ ANTUNES DOS SANTOS, Sold. – Atirador
  • JOAQUIM RODRIGUES PIRES, Sold. – Atirador
  • ANTÓNIO M. S.RIBEIRO, Sold. – Atirador
  • LINO BERNARDO J. DA FRAGA, Sold. – Atirador
  • JOSÉ MÁRIO T. PEREIRA, Sold. – Atirador
  • JOSÉ DE MOURA, Sold. – Atirador
  • DOMINGOS RIBEIRO TEIXEIRA, Sold. – Atirador
  • SILVINO FERNANDES PENEDONES, Sold. – Atirador
  • MANUEL JOSS GONÇALVES, Sold. – Atirador
  • MAXIMINO LOURENÇO VAZ, Sold. – Atirador
  • ANTÓNIO MONTEIRO DE MAGALHÃES, Sold – Atirador
  • ANTÓNIO GONÇALVES AVELÃES, Sold. – Atirador
  • ANTÓNIO PIRES ALVES, Sold. – Atirador
  • DOMINGOS AFONSO BARROSO, Sold. – Atirador
  • MANUEL FERNANDO PEIXOTO, Sold. – Atirador
  • ADELIO RODRIGUES DE SOUSA, Sold. – Atirador
  • ALMERINDO AZEVEDO NOGUEIRA, Sold. – Atirador
  • ANTÓNIO CARVALHO PIRES, Sold. – Atirador
  • FRANCISCO S. VASCONCELOS, Sold. – Atirador
  • MANUEL CARDOSO PRESA, Sold. – Atirador
  • JOSÉ SARAIVA DE OLIVEIRA, Sold. – Atirador
  • JOAQUIM DA S. CORREIA, Sold. – Atirador
  • JOSÉ BORGES MARTINS, Sold. – Atirador
  • POMPEU RIBEIRO DA COSTA, Sold. – Atirador
  • ARLINDO PINTO MOREIRA, Sold. – Atirador
  • ARMANDO GONÇALVES BRIGA, Sold. – Atirador
  • CARLOS FERNANDES, Sold. – Atirador
  • JOSÉ ALBERTO G. GARCIA, Sold. – Atirador
  • ANTÓNIO JOSÉ P. VIEIRA, Sold. – Atirador
  • JOSÉ ACACIO M. PINTO, Sold. – Atirador
  • JOAQUIM MARTINS, Sold. – Atirador
  • ARMANDO CARVALHO ALVES, Sold. – Atirador
  • CARLOS GOUVEIA, Sold. – Atirador
  • AMANDIO P. GOMES, Sold. – Atirador
  • JOSÉ DUARTE DOS SANTOS, Sold.- Atirador
  • AMADEU R. FERREIRA, Sold. – Atirador
  • MANUEL F. DA SILVA, Sold. – Atirador
  • MANUEL 0. PINTO, Sold. – Atirador
  • JOAQUIM S. NOGUEIRA, Sold. – Atirador
  • JOSÉ FERREIRA DE MELO, Sold. – Atirador
  • ADRIANO RIBEIRO, Sold. – Atirador
  • JOSÉ AUGUSTO LOURENÇO, Sold. – Atirador
  • NELSON M. REBELO, Sold. – Atirador
  • NORBERTO DA EIRA BRAGA, Sold. – Atirador
  • JOSÉ DE ALMEIDA, Sold. – Atirador
  • MANUEL M. GONÇALVES, Sold. – Atirador
  • MÁRIO FERREIRA B. TORRE, Sold. – Atirador
  • SILVINO J. S. MACHADO, Sold. – Atirador
  • JOSÉ DA SILVA VIEIRA, Sold. – Atirador
  • FERNANDO P. DA SILVA, Sold. – Atirador
  • MANUEL PEREIRA BRANDÃO, Sold. – Atirador

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

BOAS FESTAS

BATALHÃO DE ARTILHARIA N.º 2857

GUINÉ  1968 A 1970

CCS_thumb22438_thumb22439_thumb12440_thumb2

xmas2

NATAL FELIZ   E  PRÓSPERO ANO DE 2011

Caros camaradas e familiares, mais um dia de Natal se aproxima e mais um novo ano também.

Para todos desejamos umas Boas Festas.

Um dia de Natal muito feliz, com muita alegria, muita paz, no seio das vossas famílias.

Que as prendas que ofereçamos a cada um, não sejam só de satisfação e regozijo, mas, igualmente, de concórdia, de reconciliação, de harmonia, de ausência de ressentimentos, de perdão, de consentimento mútuo.

Este é o dia apropriado para que todos os problemas sejam resolvidos entre pais, filhos, casais,  parentes, e até com os inimigos.

Muita saúde para todos e para aqueles que se encontrem mais débeis, que sejam recompensados com rápidas melhoras e o sofrimento seja inexistente nesse dia.

Para o Novo Ano de 2011, desejamos, que este seja mais feliz e melhor para aqueles que neste momento sofrem, quer por razões de falta de emprego, quer pelas dificuldades inerentes, quer pela doença que os atingiu, quer por qualquer outra razão que não lhes permitem estar alegres e felizes.

Não lhes podemos dar nada que alivie estes sofrimento ou resolva essas dificuldades, mas podemos, sim, dar a nossa solidariedade, a nossa fraternidade, a nossa amizade e o nosso ombro amigo, para passarmos mais um ano. Peçamos e vivamos um dia de cada vez.

Bem hajam todos

Blogue Bart 2857

Pereira da Costa, ex-furriel Oper. Info, CCS, Piche

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

P5 – CONVÍVIO DO BART 2857 – 16 DE OUTUBRO DE 2010


BATALHÃO DE ARTILHARIA N.º 2857
GUINÉ 1968 A 1970
OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA         OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No dia 16 de Outubro de 2010, como estava aprazado, realizou-se o CONVÍVIO do 40.º Aniversário da chegada do Batalhão de Artilharia n.º 2857 ao ex-RAL 5, em PENAFIEL, vindo das terras da GUINÉ.

Conforme a ORDEM DE OPERAÇÕES proposta pela Comissão Organizadora, esta foi cumprida:

11:00 horas – Formatura de apresentação na parada do Ex-RAL 5, em Penafiel, para confraternização de todos os companheiros;

11:30 horas – Visita às instalações da Unidade e levantar convite junto da Organização;

12:30 horas – Almoço de confraternização de todo o Batalhão, no restaurante para onde se deverão dirigir com excelente disposição e bom apetite.
Restaurante : «Três Miguéis», em Oldrões – Penafiel
O Almoço como sempre, nestas ocasiões, foi composto de Entradas, Quentes, Sobremesas e Bebidas.

Como é habitual compareceram mais de 150 camaradas, acompanhados das suas esposas (estas por direito próprio, já, também, pertencem ao Batalhão) e familiares (filhos, filhas, genros, noras e netos).

Para além dos que costumam apresentarem-se a estes Convívios, outros que já não vinham já há alguns anos e, outras «CARAS NOVAS», sendo a primeira vez que vinham.

Para estes últimos, desprevenidos, foi tarefa mais demorada descobrir as caras de camaradas que já não viam desde os seus regressos. Muitas dificuldades em se reconhecerem, como é óbvio, o tempo passa por todos e as fisionomias vão-se transformando e aquelas caras de ontem já não são as mesmas de hoje. Mas, lá se foram reconhecendo, com abraços, lágrimas; a alegria e a saudade brilhavam nos seus olhos. É de louvar o esforço que alguns destes, fizeram em estar presentes, pois vieram de fora do país, em especial da França. Mas a saudade era muita e o reencontro ansioso.

Todos se repartiram pelas várias mesas existentes, juntando-se consoante as saudades e os relacionamentos mais próximos, recordando e relatando as suas vidas e recordando aqui ou ali algum facto marcante, aquando da sua estadia na Guiné.

Muitas fotografias para recordar este dia e rever quando as saudades baterem à porta. Também as fotos da praxe de cada uma das Companhias. Mais uma vez, embora alguns se tenham lembrado disso, não foi tirada uma foto global ´com todos os elementos presentes do Batalhão.

Muitos teriam vontade de estar presentes, mas se por lado as situações económicas, a doença não permitiram, por lado a difusão dos locais onde residem, continua a ser um problema. Mas embora não presentes as suas mentes estiveram, concerteza,  com todos aqueles que conviveram nas horas menos boas e, também nas boas, por que não, na Guiné ou nos Convívios anteriores; e desta forma se vão passando os anos, mas o espírito dos vivos e a memória daqueles que não voltaram estarão sempre dentro dos nossos corações.

Como é natural ouviu-se o discurso da praxe pelo Capitão Paquim, que para além de agradecer a presença de todos, aludiu aos que já não poderão estar connosco, aqueles que por lá tombaram, os que entretanto da lei da vida se foram libertando e em especial ao nosso Comandante GENERAL NEVES CARDOSO, que nunca faltava aos Convívios, para o fim, mesmo em situações precárias de saúde.

Contou um dos episódios mais relevantes que se passaram na Guiné.
Aquela em que os Fur Girão e Águas vieram deitados por cima dos faróis, um de cada lado, pois já era quase de noite, e não havia tempo de picar de novo a estrada de Camajabá – Piche, «a picar a estrada com os olhos». Vinha o condutor e o Capitão Paquim na GMC que fazia de rebenta minas. Chegaram a Piche de noite, sem que, felizmente, nada acontecesse. Este foi o dia do célebre ataque, a Kandica, na República da Guiné-Conacry e não por ocasião de uma coluna de reabastecimentos a Camajabá.

Finalmente foram referenciados os organizadores ALMERINDO MARQUES e JOAQUIM CASTRO, pelo seu trabalho, esforço e tempo dispendidos, e agradecida a sua disponibilidade.

40.º ANIVERSÁRIO - FILME 1

Este é o primeiro de cinco filme que encontrará. Basta clicar em cada um e já está.
Boas recordações

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

PIRADA(CCS/BCAV 8323) – Parte 0 – Mobilização, Composição e Deslocamento para o C.T.I. da Guiné


BATALHÃO DE CAVALARIA Nº 8323/73
img1751
Crachá do BCAV 8323/73     
Comandate batalhão
  Ten. Cor. CORREIA MATHIAS, Cmdt do Batalhão

Mobilização e deslocamento para o C.T.I. da Guiné
Mobilizado no Regimento de Cavalaria nº 3, em Estremoz, embarcou em 22 de Setembro de 1973 em Lisboa, no T/T «NIASSA» com destino ao C.T.I. da Guiné.

Chegou a BISSAU em 29 de Setembro de 1973 e imediatamente embarcou em lanchas de transporte com destino à ILHA DE BOLAMA, onde realizou a Instrução de Aperfeiçoamento Operacional no Centro de Instrução Militar, em BOLAMA, de 01 de Outubro de 1973 a 28 de Outubro de 1973.

De BISSAU, dia 31 de Outubro de 1973, subiu o RIO GEBA até ao XIME, seguindo depois em coluna por BAMBADINCA, BAFATÁ e NOVA LAMEGO, até PIRADA o CMDT a CCS e a 3.ª CCAV; até BAJOCUNDA a 1.ª CCAV e até BURUNTUMA a 2.ª CCAV.

Assume a responsabilidade do SECTOR L-6, com sede em PIRADA, em 25 de Novembro de 1973, abrangendo os subsectores de BAJOCUNDA, PAÚNCA e PIRADA.

Localização das Unidades : 
Cmdt e CCS/BCav 8323, em Pirada; 8.º Pel Art.ª, 10,5cm em Pirada.
1.ª CCav/BCav 8323, em Bajocunda, com 1 Grupo de Combate da 1.ª CCav/BCav 8323 em Copá; Pel Mil 298 em Copá e Pel Mil 299 em Bajocunda.
3.ª CCav/BCav 8323, em Pirada, com 1 Grupo de combate da 3.ªCCav/BCav 8323 em Sissaucunda; Pel Mil 346 em Sissaucunda;
CCaç 11, em Paúnca, com 1 Grupo de combate em Paiama9.º Pel Art.ª em PaúncaPel Mil 352 em Paiama; Pel Caç Nat 65 em Paúnca.
Pel Mil 269 em Amedalai; Pel Mil 296 em Canjufa; Pel Mil 297 em Mareué; Pel Mil 300 em Sinchã Adulai; Pel Mil 301 em Mareué; Pel Mil 345 em Tabassi; Pel Mil 376 em Deabugú; Pel Mil 377 em Golere; Pel Mil 387 em Quenebá; Pel Mil 393 em Elengara Sherifo;

Coordenou e comandou o movimento de retracção do dispositivo as Nossas Tropas, a partir de 21 de Agosto de 1974, com a entrega ao PAIGC dos subsectores de Paúnca, em 21 de Agosto de 1974; de Bajocunda, em 22 de Agosto de 1974; e de Pirada em 27 de Agosto de 1974; iniciando o deslocamento para BISSAU, terminando o regresso à metrópole em 10 de Setembro de 1974.

COMPOSIÇÃO COMANDO E
COMPANHIA DE COMANDO E SERVIÇOS
COMANDO
  • JOSÉ EDUARDO RODRIGUES Y TENÓRIO CORREIA MATHIAS, Ten. Cor., Comandante
  • JOAQUIM JOSÉ NUNES, Ten. do SGE , Chefe Pessoal
  • ABÍLIO DE MELO. 1.º Cabo Escrit. 
  • IDALIO ROSÁRIO OLIVEIRA, 1.º Cabo Escrit.
  • JOSÉ TOMAZ DA SILVA FERNANDES, 1.º Cabo Escrit. 
  • LUIS PEREIRA PRATAS VALE, Fur. Mil , Oper. Info.
  • FERNANDO MANUEL LOPES FREIRE, 1.º Cabo Escrt. Oper.info.
  • JOSÉ LUÍS RAMOS DA FONSECA, 1.º Cabo Escrit. Oper.Info
  • MANUEL ANTÓNIO FERREIRA PINTO NOGUEIRA, Alf. Mil. Reabastec.ºs
  • ABILIO LUÍS FERREIRA FERRAZ, 1.º Cabo, Aux. Serv. Religiosos
COMPANHIA COMANDO E SERVIÇOS
  • MÁRIO JOSÉ RIBEIRO, Cap. SGE, Comandante
  • FRANCISCO FERREIRA DA COSTA, Ten. SGE , Adjunto
FORMAÇÃO
  • ANTÓNIO PINHEIRO SEBORRO, 1.º Sarg. Cav.
  • LUÍS FERNANDO MORAIS DOS SANTOS PESTANA, Fur. Mil. Amanuense
  • DAVID ANTÓNIO RETNOLIS GOMES DUARDE, 1.º Cabo Escrit. 
  • JOÃO DO CARMO BRANCO, 1.º Cabo Escrit.
  • MANUEL MACHADO FERNANDES, 1.º Cabo, Fiel Material e Munições
  • HUMBERTO GUEDES PINTO DA COSTA, Sold. Atir. Inf., Quarteleiro
  • ANTÓNIO SENHORINHA LODUVINA, 1.º Cabo Clarim
  • ANTÓNIO ALVIM MOREIRA MAIA, Sold. Clarim
  • MANUEL ANTÓNIO CARRILHO NEVES, Sold. Clarim
  • JOSÉ DE JESUS DA SILVA RATO, Fur.Mil. Aliment.
  • DOMINGOS CARNEIRO DE CARVALHO, 1.º Cabo Coz.
  • ALBERTINO PINTO RIBEIRO SOLDADO, 1.º Cabo Coz.
  • ANÍBAL DE FREITAS LEITE, Sold. Coz.
  • ANTÓNIO MENDES LOPES, Sold. Coz.
  • ANTÓNIO TEIXEIRA BOTELHO, Sold. Coz.
  • HORÁCIO REINALDO LOUREIRO DOS SANTOS, Sold. Aux.Coz.
  • JOSÉ DUARTE CORREIA MAGALHÃES CAIXEIRO, Sold.Cort.
  • ANTÓNIO MARTINS DOTES, Sold. Caixeiro
  • LUÍS FILIPE PEREIRA, 1.º Cabo, Fiel Comb.Lubrif.
PELOTÃO DE RECONHECIMENTO E INFORMAÇÃO
  • JOSÉ MARIA SOARES COUTINHO, Alf. Mil. Rec. Info. Cmdt
  • ANTÓNIO PEREIRA DO AMARAL, Sold. Atir. Observ.
  • HERMINIO AUGUSTO MINEIRO, 1.º Cabo Transm Inf.
  • FERNANDO MANUEL BASTOS RAMOS, 1.º Cabo Rec/Info.
  • JOAQUIM ANTÓNIO DA CRUZ ANTUNES, 1.º Cabo Aux. Rec./Inf.
  • MANUEL FRANCISCO PINTO DA SILVA, 1.º Cabo Aux. Rec./Inf. 
  • ABÍLIO FERREIRA GOMES, 1.º Cabo Aux. Rec./Inf.
  • JOSÉ FERREIRA MONTEIRO, 1.º Cabo Aux. Rec./Inf.  
  • JOSÉ LUIS CARUJO BALASTEIRO, 1.º Cabo Aux. Rec./Inf. 
  • JOSÉ JOAQUIM NUNES FONTE DA MOURA, Sold. Expl. Atir. Rec./Inf.
  • HUMBERTO GUEDES PINTO DA COSTA, Sold. Expl. Atir. Rec./Inf. 
  • ABÍLIO AUGUSTO  SOARES SOLDADO, Sold. Expl. Atir. Rec./Inf.
  • MANUEL MARQUES RODRIGUES, Sold. Expl. Atir. Rec./Inf.
  • AVELINO RIBEIRO SARAIVA, Sold. Expl. Atir. Rec./Inf. 
  • FIRMINO FERREIRA DA SILVA, Sold. Expl. Atir. Rec./Inf.  
  • ANTÓNIO MANUEL MARTINS FERREIRA, Sold. Expl. Atir. Rec./Inf. 
  • JOSÉ MARQUES DE ALMEIDA, Sold. Expl. Atir. Rec./Inf.  
  • ALBERTO DE  JESUS COSTA MAIA, Sold. Expl. Atir. Rec./Inf.
  • MÁRIO MANUEL MIRA, Sold. Expl. Atir. Rec./Inf.
  • ALBINO DA SILVA, Sold. Expl. Atir. Rec/Inf
  • JOSÉ CARLOS DA GRAÇA, Sold. Expl. Cav. Rec/Inf.
  • JOSÉ CARLOS RAPOSO ROQUE, Sold. Expl. Cav. Rec/Inf.
  • MANUEL HENRIQUES CARVALHO DA SILVA, Sold. Expl. Cav. Rec/Inf.
  • FRANCISCO FERREIRA PEREIRA, Sold. Expl. Cav. Rec/Inf.
  • DOMINGOS MANUEL FERREIRA, Sold. Expl. Cav. Rec/Inf,
  • ANTÕNIO PEREIRA DO AMARAL, Sold. Expl. Cav. Rec/Inf.
PELOTÃO DE TRANSMISSÕES
  • MANUEL ANTÓNIO PACHECO DE MATOS FERNANDES, Alf. Mil. Trans. Inf.
  • MANUEL ALVES CAMPOS, Fur. Mil. Transm. Inf.
  • EDGAR PINHEIRO FERREIRA, 1.º Cabo Oper. Cripto
  • JOAQUIM CARLOS CORREIA COSTA, 1.º Cabo Oper. Cripto
  • CARLOS ALBERTO FARIA FERNANDES, Fur.Mil. Transm. Inf.
  • HERMINIO AUGUSTO MINEIRO, 1.º Cabo Rad.Teleg. Transm. Inf.
  • ANTÓNIO AUGUSTO LINO, Sold. Rad. Teleg. Transm. Inf.
  • ANTÓNIO DA COSTA FERREIRA, Sold. Rad. Teleg. Transm. Inf.
  • MANUEL DOS SANTOS ALMEIDA, Sold. Rad. Teleg. Transm. Inf.
  • ANTÓNIO VICENTE AIROSA DA SILVA, Fur. Mil. Mecânico Rádio
  • JOSÉ CARLOS GONÇALVES DE BRITO, 1.º Cabo Mec. Rádio
  • ANTÓNIO JÚLIO MORAIS, 1.º Cabo Mec. Rádio
PELOTÃO DE SAPADORES
  • JOSÉ MANUEL DE ASSUNÇÃO, Fur. Mil. Sap. Inf. Cmdt
  • ANTÓNIO NUNES MALTEZINHO, Fur. Mil. Sap. Inf. Cmdt
  • CARLOS JOAQUIM NOGUEIRA NETO, Fur. Mil. Sap. Inf. Cmdt 
  • CARLOS RIBEIRO DO CANTO, 1.º Cabo Aux. Sap. Inf.
  • MARCELINO MANUEL MADALENO, 1.º Cabo Aux. Sap. Inf.
  • FRANCISCO GUERREIRO EMIDIO, 1.º Cabo Aux. Sap. Inf.
  • RAUL ANTÓNIO VAZ, Sold. Sap. Inf.
  • FERNANDO ALVES MARINHEIRO, Sold. Sap. Inf.
  • LICINIO NUNES FERNANDES, Sold. Sap. Inf.
  • JOSÉ DO MODA BAIA, Sold. Sap. Inf.
  • FERNANDO CARLOS DE ALMEIDA, Sold. Sap. Inf.
  • ANTÓNIO JOSÉ JESUS FERNANDES, Sold. Sap. Inf.
  • ANTÓNIO J. LOURO BORDADÁGUA, Sold. Sap. Inf.
  • JOSÉ FRANCO COLARES, Sold. Sap. Inf.
  • ANTÓNIO MARIA NEVES AMBRÓSIO, Sold. Sap. Inf.
  • MANUEL ESTEVÃO BA PALMA, Sold. Sap. Inf.
  • ARLINDO FILIPE HORTELÃO, Sold. Sap. Inf.
  • MANUEL RODRIGUES TEIXEIRA, Sold. Sap. Inf.
  • ROGÉRIO NOGUEIRA LOPES, Sold. Sap. Inf.
  • ARMANDO PEREIRA BRITES, Sold. Sap. Inf.  
PELOTÃO DE MANUTENÇÃO
  • VALENTIM LOPES RAPOSO, Alf. Mil. STM Auto
  • CARLOS ALBERTO M. MARTINS, Fur. Mil. Mec. Arm.
  • ANTÓNIO DA COSTA RIO, 1.º Cabo mec. Arm. Lig. 
  • RICARDO PROENÇA ROBALO PEDRO, 1.º Sarg. QESM Mec. Viat. 
  • LUÍS MANUEL LOPES MORGADO, 1.º Cabo Ajud. Mec AR
  • EDUARDO GOMES DA SILVA, 1.º Cabo Mec AR
  • JOÃO LUÍS NUNES TAVARES FELGUEIRA, Sold. Mec AR 
  • JOÃO ANTÓNIO TEIXEIRA CARVALHO, Sold. Mec AR
  • JOSÉ SANCHES MARCOS, Sold. Mec AR
  • JOSÉ FRANCISCO PEREIRA ALEIXO, 1.º Cabo Elect. AR
  • DOMINGOS VIEIRA DA SILVA, 1.º Cabo Bat. Chapas
  • VIRGÍLIO TRINCÂO DA SILVA, 1.º Cabo Carpinteiro 
  • JOÃO GOMES PINHO, Sold. Correeiro
  • LUÍS ANTÓNIO FLOR BATISTA MARQUES, Fur. Mil. Mec. Auto
  • RODRIGO MOREIRA GOMES DE OLIVEIRA, 1.º Cabo C.A.R.
  • ARMANDO JORGE RODRIGUES LINO GUIMARÃES, Sold. C.A.R.
  • JOSÉ FONSECA COUTO, Sold. C.A.R.
  • MANUEL ALVES DE FIGUEIREDO, Sold. C.A.R.
  • MANUEL FARIA SANTOS CLEMENTE, Sold. C.A.R.
  • FERNANDO MANUEL PEREIRA LOBO, Sold. C.A.R. 
  • JOSÉ ALFREDO DIAS GIL, Sold. C.A.R. 
  • MANUEL JOÃO PARDAL SOLDA, Sold. C.A.R.
  • ALFREDO LOPES MENDES, Sold. C.A.R.
  • ANTÓNIO MANUEL VIEIRA LOBO, Sold. C.A.R.
  • ARMANDO DE CASTRO SOUSA, Sold. C.A.R. 
  • NUNO DA COSTA FRANCO, Sold. C.A.R.
  • MANUEL VICTORINO GONÇALVES LOURENÇO, Sold. C.A.R.
  • CUSTÓDIO DE ALMEIDA RODRIGUES, Sold. C.A.R.
SECÇÃO SANITÁRIA
  • JOSÉ ADRIANO LOURENÇO ARANDA, Fur. Mil. Enf.
  • FERNANDO MACHADO DA COSTA PEIXOTO, 1.º Cabo Aux. Enf.
  • JOAQUIM MERGULHÃO VIEIRA DOS SANTOS, 1.º Cabo Aux. Enf.
  • ANTÓNIO SOUSA, Sold. Maqueiro
  • FERNANDO DIAS DA COSTA, Sold. Maqueiro
  • PAULINO FERNANDES GOMES DOS SANTOS, 1.º Cabo Anal. Águas




sábado, 21 de agosto de 2010

P4 – CONVÍVIO DO BART 2857 – 16 OUTUBRO 2010


40.º CONVÍVIO DE CONFRATENIZAÇÃO
CHEGADA DA GUINÉ
BATALHÃO DE ARTILHARIA N.º 2857
DIA 16 DE OUTUBRO DE 2010
EM PENAFIEL
digit000
digit. 001 digit. 002 
CAMARADAS E AMIGOS JÁ SABEMOS TUDO, SÓ FALTA A NOSSA PRESENÇA.
PARA ISSO VAMO ENVIAR A FICHA DE INSCRIÇÃO ATÉ AO DIA 20 DE SETEMBRO PARA PODERMOS SABER QUANTOS SOMOS.
DEPOIS, RESTA-NOS NO DIA 16 DE OUTUBRO ESTAR PRESENTES, COMO TEMOS FEITO NOS OUTROS ANOS.
CAMARADAS E AMIGOS ESTE ANO É DIFERENTE, SÃO 40 ANOS QUE CHEGAMOS DA GUINÉ.
AGUARDA-NOS A ALEGRIA E A SATISFAÇÃO DO REENCONTRO DAQUELES QUE TÊM IDO E DAQUELES QUE NUNCA FORAM, MAS ESTE ANO VÃO DIZER PRESENTE.
NÃO SE VÃO ARREPENDER POIS EMBORA POR POUCO TEMPO DE REUNIÃO É INESQUECÍVEL.
LÁ OS ESPERAMOS EM  PENAFIEL.

domingo, 15 de agosto de 2010

CANQUELIFÁ (CART 1869) – Actividade Operacional no C.T.I. Guiné


COMPANHIA DE ARTILHARIA N.º 1689

Batalhão de Artilharia n.º 1913

Formado sob a divisa “Por Portugal – um por todos e todos por um”.

No Regimento de Artilharia Pesada n.º 2, aquartelada na Serra do Pilar, em VILA NOVA DE GAIA, formado pela: Companhia de Comando e Serviços, as operacionais, Companhia de Artilharia 1687, Companhia de Artilharia 1688 e a Companhia de Artilharia 1689. 

Embarcaram em LISBOA em 26 de Abril de 1967, tendo desembarcado em BISSAU no dia 1 de Maio de 1967.

No dia seguinte, 2 de Maio de 1967, o batalhão assume a responsabilidade do Sector S-3, sedeado em CATIÓ, e que abrangia os subsectores de BEDANDA, CUFAR, CATIÓ, CACHIL (extinto em 18 Julho de 1968) e CABEDÚ (também este extinto em 30 Julho de 1968 e a sua área integrada no subsector de CATIÓ).
Desenvolveu a sua actividade operacional, de forma a garantir a circulação nos itinerários, promover a recuperação e protecção das populações ali sedeada e criar instabilidade aos IN, de forma a não facilitar a sua movimentação no terreno.

Para tal foram efectuaram as operações “Penetrante”, “Strela”, “Pleno” e “Futuro Próximo”, entre outras, tendo sido capturado um lança granadas foguete, duas pistolas-metralhadoras, quatro espingardas, trinta e quatro minas, cento e dezassete granadas de armas pesadas e seiscentos e cinco cartuchos de armas ligeiras.

Foi rendido pelo Batalhão de Caçadores n.º 2865, recolhendo a BISSAU.


Companhia de Artilharia n.º 1689

A CART 1689, quando em 1 de Maio de 1967 chegou a BISSAU, embarcou na «BOR» para subir o Geba até BAMBADINCA, instalando-se ainda nessa noite em FÁ MANDINGA, onde adquiriu treino e desenvolveu actividade operacional, aí permanecendo até 18 de Julho de 1967. Depois de efectuar um treino operacional em FÁ MANDINGA, até 24 de Maio de 1967, substitui a Companhia de Caçadores nº 1439, integrada no Batalhão de Caçadores n.º 1888, como unidade de intervenção e reforço, tendo cedido um pelotão para reforço de BAMBADINCA.

A 19 de Julho de 1967 foi colocada em CATIÓ, onde rende a Companhia de Cavalaria 1484, como unidade de intervenção e reserva do Agrupamento n.º 1975, para actuar em operações realizadas no sul, nas zonas de COBUMBA, AFIÁ, NHAI, CABOLOL BALANTA, entre outras, e atribuída ao Batalhão de Artilharia n.º 1913, entre 25 de Novembro de 1967 e 13 de Dezembro de 1967, como unidade de reforço.

Ainda foi colocada, temporariamente, entre 5 e 11 de Janeiro de 1968, no subsector de CABEDÚ. Substituindo a Companhia de Artilharia n.º 1614, até à chegada da Companhia de Caçadores n.º 1788.

Em 22 de Março de 1968 é deslocada para BUBA a bordo de uma LDG, onde foi atribuída ao Batalhão de Artilharia n.º 1896, de 24 de Março de 1968 a 15 de Maio de 1968, ficando instalada em BUBA até ao dia 7 de Abril de 1968 em concentração de meios, patrulhamentos e treinos.

Neste mesmo dia 7 de Abril de 1968 inicia-se a Operação «Bola de Fogo», que teve por missão implantar o Aquartelamento de GANDEMBEL/PONTE BOLANA, na qual participa e onde chega a 8 de Abril de 1968.

Ao longo desta Operação que decorreu durante vários dias, participaram inúmeros efectivos de pelo menos 14 unidades.

A CART 1689 retirou de GANDEMBEL em 15 de Maio de 1968 via ALDEIA FORMOSA e daqui para BUBA nos dias 16 e 17 do mesmo mês.

Pelas 8:30 do dia 23 de Maio de 1968 a Companhia embarcou em LDG com destino a CATIÓ, tendo passado a noite ao largo do TOMBALI.

No dia 24 de Maio quando a LDG navegava no RIO COBADE foi atacada de ambas as margens, com armamento ligeiro, bazucas e morteiros que lhe provocaram dois rombos, um do lado esquerdo e outro à ré. A Companhia não teve feridos e desembarcou em CATIÓ ao fim da manhã deste mesmo dia.

A CART 1689 permaneceu em CATIÓ em actividade de intervenção até ao dia 10 de Junho de 1968, data em que é transferida para CABEDÚ, por troca com a Companhia de Caçadores n.º 1788, assumindo o subsector de CABEDÚ até a sua extinção em 30 de Julho de 1968.

Nesta data inicia a sua deslocação para CANQUELIFÁ, Sector de Nova Lamego, que prossegue em 31 de Julho de 1968 e onde chega às 22:30 do dia 1 de Agosto de 1968.

Assume o subsector de CANQUELIFÁ, substituindo a Companhia de Caçadores n.º 1623, em 6 de Agosto de 1968, destacando um pelotão para DUNANE. Fica, assim, integrada no dispositivo de manobra do Batalhão de Caçadores n.º 2835, sedeado em Nova Lamego.

É substituída em 1 de Dezembro de 1968 pela Companhia de Artilharia n.º 2439, aí permanecendo até ao dia 3 de Dezembro de 1968, data em que inicia a transferência para BISSAU-SANTA LUZIA, tendo chegado a BAMBADINCA nesse mesmo dia.

No dia 5 de Dezembro de 1968 cerca de 50% da Companhia embarca para BISSAU onde chega ao princípio da noite. Só no dia 9 de Dezembro de 1968 chegam a BISSAU os restantes elementos da Companhia, onde foi integrada no dispositivo do Batalhão de Caçadores n.º 1911, efectuando a segurança e protecção da área.

Durante o mês de Dezembro de 1968 e até ao final da comissão em 2 de Março de 1969, a Companhia colabora no serviço respeitante ao Batalhão aquartelado em Santa Luzia e ao qual está adida, tomando parte em operações de cerco e rusga.

Faz o seu regresso à metrópole no dia 3 de Março de 1969, em conjunto com as restantes unidades do BART 1913 no N/M «UÍGE».

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

PICHE (CART 2440) – Parte 0 – Início no C.T.I. da Guiné da Actividade Operacional


COMPANHIA DE ARTILHARIA N.º 2440

Cart_2440 

A metade da CCS, que ficara em BISSAU, partiu com a CART 2440, na manhã do dia 20 de Novembro de 1968, pernoitando em BAMBANDINCA.

Em 21 de Novembro de 1968 chegaram a NOVA LAMEGO e em 22 de Novembro de 1968 a PICHE, a fim de render a CCAÇ n.º 2403, assumindo, em 01 de Dezembro de 1968, a responsabilidade do respectivo subsector.

A partir de 06 de Julho de 1969, destacou um pelotão para a ponte do RIO CAIUM e desde finais de Janeiro de 1970, outro pelotão para segurança e protecção dos trabalhos de construção e reordenamento de CAMBOR.

Ficou integrada no dispositivo de manobra do BART 2857, responsável pelo SECTOR L-4 (zona Leste), então criado, em 24 de Novembro de 1968, e englobando os subsectores de PICHE, BURUNTUMA, CANQUELIFÁ e BAJOCUNDA; de 15 de Março de 1969 a 11 de Outubro de 1969, o Batalhão foi integrado no Comando Operacional n.º 5 (COP 5), então criado.

As instalações exíguas mal chegavam para uma Companhia, daqui se depreendendo, facilmente, as dificuldades encontradas, para instalação da CCS e CART 2440, tendo-se nos primeiros tempos, recorrido a barracas de campanha.

Trabalha-se afincadamente desde o início, no melhoramento e adaptação de instalações bem como no aperfeiçoamento do sistema defensivo do Aquartelamento.

Uma Equipa de Engenharia continua algumas obras já começadas e inicia a construção da messe de Oficiais e do dormitório dos Sargentos. É difícil a vida do pessoal do Batalhão, privado de muitas das mais elementares condições, nomeadamente instalações sanitárias, tendo grande parte do mesmo, submetido a contínuo e árduo trabalho, de recorrer a uma bolanha próxima para cuidar da sua higiene.

A população de PICHE acolheu com satisfação a sua chegada, regozijando-se com o facto. Desde o início foi dedicado bastante tempo à preparação da população especialmente no sentido de «mentalização» de auto-defesa, sendo-lhe prestado auxílio nas suas diversas actividades.      
Em 12 de Agosto de 1970, foi rendida no subsector pela CCAV n.º 2749 e enquanto dois pelotões seguiram desde logo para BISSAU e BOLAMA, deslocou-se para NOVA LAMEGO a fim de reforçar temporariamente o BCAÇ n.º 2893, até 20 de Setembro de 1970, e após o que recolheu igualmente a BISSAU, a fim de aguardar o embarque de regresso.

Foto do Bart 2857: Direitos Reservados

PICHE (CCS/BART2857) – Parte 1 – Actividade Operacional no período de Novembro e Dezembro de 1968 e Janeiro de 1969


RESUMO DA ACTIVIDADE OPERACIONAL

BART2857
Durante os meses de Novembro e Dezembro de 1968 encontra-se o Batalhão privado de médico – este só efectua a sua apresentação no final deste último mês – sendo assim bastante prejudicada e dificultada a respectiva assistência. Também os Oficiais Capelão e Sapador só são presentes no Bart 2857 em meados de Dezembro.

Até final do mês de Janeiro de 1969, o IN praticamente não se manifesta, apenas havendo a assinalar o assalto a um civil a 4km de BURUNTUMA, (13JAN69) e posterior aparecimento de minas perto do mesmo local (22, 29 e 30JAN69), na estrada PICHE – BURUNTUMA.

Em consequência dessa ausência nota-se uma calma total entre as populações que desenvolvem a sua actividade de maneira absolutamente normal, mostrando-se confiante nas NT.

Em 20JAN69 o BATALHÃO DE ARTILHARIA N.º 2857, deixa de estar integrado no Agrupamento LESTE, passando a depender directamente do CTIG.

Durante os meses  de Novembro e Dezembro de 1968 e Janeiro de 1969, efectuam-se vários patrulhamentos e montam-se várias emboscadas; O 12.º PEL ART.ª/BAC1 executa fogos de interdição para as zonas fronteiriças e possíveis corredores de infiltração IN; são levadas a cabo, no Sector do Batalhão, vinte e sete Operações e Acções.

Branco002
Vista Aérea do Aquartelamento de PICHE


ACTIVIDADE OPERACIONAL NO PERÍODO


Em 07DEZ68 – O Comandante do Bart 2857 desloca-se a BISSAU em cumprimento de uma missão de serviço. Assume interinamente o Comando o 2.º Comandante. Em 11DEZ68 o Comandante do Bart 2857 regressa de BISSAU.

Em 10DEZ68 – Suas Ex.ªs o Brigadeiro Director de Transmissões e o Comandante do Agrupamento 2957, visitam a Sede do Bart 2857.

Em 16DEZ68O Comandante do Bart 2857 desloca-se ao COMCHEFE em BISSAU. Em 18DEZ68 O Comandante do Bart 2857 regressa de BISSAU.

Em 24DEZ68 – um Delegado do QG/CTIG, visitou a Sede do Bart 2857.

Em 24DEZ68festeja-se o NATAL. Na Sede do Bart 2857 é celebrada missa; segue-se uma ceia a que assistem oficiais, sargentos e praças.

Em 28DEZ68 – a Sede do Batalhão de Artilharia n.º 2857 é visitada pelo Ex.mo 2.º Comandante Militar, pelo Ex.mo Comandante do Agrupamento 2957 e pelo Ex.mo Comandante do Batalhão de Engenharia. É visitada também pelo Director da Chefia de Intendência.

Em 31DEZ68 – é extinto o CA do BART 2857, passando os respectivos membros, Exm.º Major de Art. CARLOS ALBERTO DE C. S. GASPENA, Alf Mil JOAQUIM MANUEL M. ROSENDO e Alf Mil MARINHO NEIVA DA S. ROSA, a constituir a comissão liquidatária do mesmo CA a partir de 01JAN69. (Circulares n.º 51/68 – P.º 706.11 de 16NOV68, C.S.C.A. e n.º 18796/CA – P.º IND de 24NOV68, da 1.ª REP/QG – Despacho de 22OUT68 de S.Ex.ª o Subsecretário de Estado do Exército).

Em 01JAN69SEXA o Governador e Comandante-Chefe das Forças Armadas visitou a Sede do Batalhão de Artilharia n.º 2857.

Em 05JAN69 – o Comandante do Bart 2857, desloca-se a BISSAU, a fim de tomar parte numa reunião de Comandos. Em 09JAN69 regressa de BISSAU o Comandante do Bart 2857.

Em 10JAN69o Comandante do Bart 2857 desloca-se a NOVA LAMEGO a fim de comandar uma Operação de perseguição ao IN, revelado, em 09JAN69, em IEROMARO. Em 13JAN69, regressa o Comandante do Bart 2857, que fora comandar, no Sector L-3, a Operação «CHEGA PERTO».

Em 15JAN69 – o Comandante do Bart 2857 desloca-se a NOVA LAMEGO, a fim de tratar de assuntos Operacionais, regressando no mesmo dia.

Em 16JAN69o Comandante do Bart 2857 visita os trabalhos de organização de auto-defesa em SINCHÃ LALI.

Em 18JAN69 – o Comandante do Bart 2857 desloca-se a CANQUELIFÁ. Regressa no mesmo dia.

Em 20JAN69 – é publicada na Ordem de Serviço do Bart 2857, o seguinte:
«Art.º 2.º – PESSOAL
                 a) – OFICIAIS
                    1. – PROMOÇÕES
                           Que, por Portaria de 22DEZ68, a publicar na Ordem do Exército n.º 2, 2.ª Série de 15JAN69, foi promovido ao posto de Coronel o Exm.º Ten Cor de Art.ª JOSÉ JOÃO NEVES CARDOSO, Comandante do Batalhão de Artilharia n.º 2857.
(Rádio n.º 1642, de 17Jan69, da RO/DSP/ME)
(Rádio Urgente n.º 173/A, de 191130JAN69, do QG/CTIG

Em 21JAN69 – é publicada na Ordem de Serviço do Bart 2857, o seguinte:
«Art.º 2.º – PESSOAL
               1. – Dependência directa do Batalhão com o C.T.I. da GUINÉ
                     Que, para os devidos efeitos, se publica a mensagem n.º 325/c de 201150JAN69, do QG/CTIG, que é do seguinte teor:
« Sector L4 deixa de integrar-se no Agrupamento Leste passando dependência directa C.T.I.G. desde já»

Em 22JAN69o Comandante do Bart 2857 desloca-se ao Sector L-3 a fim de comandar a Operação «PENETRA CERTO». Em 25JAN69 o Comandante do Bart 2857 regressa de NOVA LAMEGO onde se deslocara a fim de comandar a Operação.

Em 27JAN69 – o Comandante Militar, o Chefe da 3.ª REP e o Delegado da Chefia de Intendência, visitaram a Sede do Bart 2857.

Em 29JAN69 – o Comandante do Bart 2857 deslocou-se a BURUNTUMA acompanhado pelo Comandante da BAC 1.

Em 30JAN69 – visita a Sede do Bart 2857 o Chefe da Chefia do Serviço de Material.

Em 31JAN69o Comandante Militar visitou a Sede do Bart 2857.

Vide poste
PICHE(CCS/BART2857) - Parte 0 - Início no C.T.I. da Guiné da Actividade Operacional


Foto e Legenda: Bart 2857. Direitos Reservados

PICHE (CCS/BART 2857) – Parte 0 – Início no C.I.T. da Guiné da Actividade Operacional

Branco001
Bandeira Nacional Portuguesa a Meia Haste
Porta de Armas Principal Aquartelamento de Piche


Batalhão de Artilharia n.º 2857

Em 18 de Novembro de 1968 partiram em LDG de BISSAU para BAMBANDINCA, a CART 2438 e metade da CCS. Após desembarque, organizou-se uma coluna, que seguiu até BAFATÁ, onde pernoitou, retomando a viagem no dia seguinte, até NOVA LAMEGO. Aqui, separaram-se as duas Companhias, seguindo a CCS para PICHE e a CART 2438 para BAJOCUNDA, destinos respectivos, onde chegaram nesse mesmo dia 19 de Novembro de 1968.

A metade da CCS, que ficara em BISSAU, partiu com a CART 2440, na manhã do dia 20 de Novembro de 1968, pernoitando em BAMBANDINCA. Em 21 de Novembro de 1968 chegaram a NOVA LAMEGO e em 22 de Novembro de 1968 a PICHE.

Foi o BATALHÃO DE ARTILHARIA N.º 2857, o primeiro a ter a sua Sede em PICHE. As instalações exíguas mal chegavam para uma Companhia, daqui se depreendendo, facilmente, as dificuldades encontradas, para instalação da CCS e CART 2440, tendo-se nos primeiros tempos, recorrido a barracas de campanha.

Trabalha-se afincadamente desde o início, no melhoramento e adaptação de instalações bem como no aperfeiçoamento do sistema defensivo do Aquartelamento.

Uma Equipa de ENGENHARIA continua algumas obras já começadas e inicia a construção da messe de Oficiais e do dormitório dos Sargentos. É difícil a vida do pessoal do Batalhão, privado de muitas das mais elementares condições, nomeadamente instalações sanitárias, tendo grande parte do mesmo, submetido a contínuo e árduo trabalho, de recorrer a uma bolanha próxima para cuidar da sua higiene.

Em 24 de Novembro de 1968, assumiu a responsabilidade do SECTOR L-4 (zona Leste) com sede em PICHE, então criado por subdivisão da zona de acção do Batalhão de Caçadores n.º 2835 (Nova Lamego), com sede em Piche e englobando os subsectores de PICHE, BURUNTUMA, CANQUELIFÁ e BAJOCUNDA, este até 27 de Junho de 1970, por ter passado então à disponibilidade do Comando Operacional Temporário n.º 1 (COT 1); de 15 de Março de 1969 a 11 de Outubro de 1969, o Batalhão foi integrado no Comando Operacional n.º 5 (COP 5), então criado.

A população de Piche acolheu com satisfação a sua chegada, regozijando-se com o facto, pois, até então só existia na localidade uma Companhia a CCAÇ 2403 agora substituída pela CART 2440.

Desde o início foi dedicado bastante tempo à preparação da população especialmente no sentido de «mentalização» de auto-defesa, sendo-lhe prestado auxílio nas suas diversas actividades. 
Em PICHE, onde já se encontravam do antecedente, ficaram adidos à CCS: o 12.º PEL/ART.ª/BAC 1, a Sede do PEL CAN S/RECÚO 1200 (estando o seu efectivo distribuído por CABUCA, PONTE CAIUM, CAMAJABÁ, BURUNTUMA e CANQUELIFÁ) e um PEL ESQ REC FOX 2350, este substituído em cada mês, dado o facto de ter a sua Sede em BAFATÁ. Destacado deste PEL fica permanentemente na PONTE CAIUM uma Auto-Metralhadora DAIMELLER e a respectiva guarnição. O PEL MIL 162 (CMIL 19), estacionada em BENTÉM, ficou também a depender da CCS/BART
    
Foto e legenda: do Bart 2857: Direitos Reservados